By

Momentos únicos de convivência fraterna: duas visitas inesquecíveis!

As visitas, no relacionamento humano, têm um papel muito especial: estreitam amizades e permitem o convívio entre os amigos. E isto, quer visitando, quer sendo visitado! Foi o que se deu neste terceiro final de semana de Março com os Arautos de Maringá.

Visitando a Rádio Colméia.

No sábado, 16/3, os Arautos tiveram a alegria de visitar a Sede da Rádio Colméia (AM 1170 kHz), na cidade de Mandaguaçu – Região Metropolitana de Maringá (PR). Com excelente infra-estrutura, a emissora da Arquidiocese de Maringá, afiliada à Rede Católica de Rádio, acompanha e noticia – esmerando-se no profissionalismo – o que se passa no Brasil e no Mundo.

Esta visita deu-se, especialmente, para participar da “Manhã Interativa”, um Programa de informação – ao vivo – conduzido pelo jovem e dinâmico locutor Paulo Ramires.

Paulo Ramires e o Revmo. Pe Takeshi

O programa desenrolou-se com uma feliz mescla de perguntas, respostas, comentários e músicas, executadas pelo coral e banda dos Arautos de Maringá. A maestria com que foi conduzida a entrevista e as abordagens feitas pelo nosso acadêmico de jornalismo Paulo Ramires, as respostas cheias de bom conteúdo e vivacidade do Reverendíssimo Padre Takeshi, EP, os cantos e os sons instrumentais dos Arautos, sem dúvida, concorreram para uma excelente audiência, agradando ao público ouvinte – conforme repercussões que nos chegaram aos ouvidos.

Assim, para os jovens Arautos, foi uma visita inesquecível. Abraços ao Paulo Ramires e a toda querida Equipe da Rádio Colméia.

Recebendo a visita do Auditor do Tribunal da Rota Romana

No Domingo, 17/3, pela manhã, a Sede dos Arautos em Maringá estava especialmente lisonjeada. Não é para menos. Recebemos a visita do Prelado Auditor da Rota Romana, Mons. Piero Amenta. Está ele aproveitando sua viagem a São Paulo – aonde vem ministrando um Curso de Direito Canônico no Seminário dos Arautos – para uma visita, muito rápida, às sedes dos Arautos na capital paranaense e na Cidade Canção.

Com efeito, sabemos que a Rota Romana é o Tribunal ordinário, instituído pela Santa Sé, portanto, um tribunal do Sumo Pontífice, “constituído, principalmente para receber as apelações” (conferir – Revista Arautos – março/2008, p. 18 a 19). Assim, o tribunal não julga em nome próprio, mas em nome do Papa.

Momento ápice da presença do Prelado foi a celebração da Eucaristia. A Santa Missa coroou a visita de Mons. Piero Amenta, num momento de convívio supremo em que Nosso Senhor se faz presente nas Sagradas Espécies, em Corpo, Sangue, Alma e Divindade e também visita aos por Ele amados! Deus seja louvado! E Nossa Senhora, a quem devemos a intercessão eficaz junto ao Seu Divino Filho, que tudo de melhor pede por nós.

Faça um Comentário!

%d blogueiros gostam disto: