By

Exultai de alegria! Pertenceis inteiramente a Jesus Cristo!

Cerimônia de Consagração nos Arautos do Evangelho de Maringá

“A Igreja, sendo uma instituição divina fundada por Nosso Senhor Jesus Cristo, que é a Cabeça deste Corpo Místico, possui a própria sabedoria d’Ele e tudo faz com conta, peso e medida. Assim, ela dispõe dois domingos do ano que, em meio à penitência, trazem a alegria: o 3º. Domingo do Advento, chamado Domingo Gaudete, e o 4º. Domingo do Quaresma, denominado Domingo Laetare. O primeiro recebe este nome da palavra inicial da Antífona da entrada, extraída da Epístola de São Paulo, Apóstolo, aos Filipenses: “Gaudete in Domino semper: iterum dico, gaudete. Dominus enim prope est Alegrai-vos sempre no Senhor. De novo eu vos digo: alegrai-vos! O Senhor está perto” (4, 4-5)”1

Alegrar-se porque o Senhor está perto. Alegrar-se por pertencer inteiramente ao Senhor. De fato, estiveram imersos nestes pensamentos todos os 80 novos Consagrados – além de inúmeros amigos e familiares – que se reuniram no último Domingo, na Sede dos Arautos do Evangelho – Setor Masculino – em Maringá. A ocasião não poderia ser mais propícia: O Domingo da Alegria trouxe o ambiente adequado para que essas pessoas realizassem a sua Consagração a Jesus Cristo, pelas mãos de Maria, segundo o método proposto pelo grande santo mariano, São Luís Maria Grignion de Montfort. Depois de 8 semanas de preparação intensa e de terem realizado os exercícios espirituais preparatórios, além de uma boa confissão, chegou o dia tão esperado por todos!

Read More

By

Convite: Curso de Consagração

By

Muitos são chamados, poucos são escolhidos. Alguns são escolhidos para servir a Mãe de Deus, como escravos de Amor.

“Então os empregados saíram pelos caminhos e reuniram todos os que encontraram, maus e bons. E a sala da festa ficou cheia de convidados (…) Porque muitos são chamados, e poucos são escolhidos”.  (Mt 22,10;14)).

Os versículos acima estão inseridos no trecho do Evangelho de São Mateus, proposto pela Igreja para a meditação dos fieis na Liturgia do 28º Domingo do Tempo Comum. O Rei representa o Deus, bom e generoso, que convida a todos os batizados para a Festa de Seu Divino Filho. Porém, os convidados primeiros e principais não aceitam o honroso convite; e os lugares são preenchidos por outros convidados – de última hora. O Evangelho ainda dá destaque, nos versículos 11 e 12, a um suposto convidado que não estava “usando o traje de festa”. Essa omissão, ou mesmo, a falta de considerar com seriedade e humildade o convite recebido, trouxe para esse convidado consequências desastrosas e eternas… Ao final, conclui o Divino Mestre: “Porque muitos são chamados, e poucos são escolhidos”.

Read More

By

Sou todo vosso, ó minha Mãe e tudo o que tenho vos pertence!

Após participarem de nove encontros consecutivos preparatórios, ao longo dos quais Nossa Senhora foi derramando abundantíssimas graças, no último Domingo, 2 de Abril, 111 pessoas realizaram a sua Consagração a Jesus Cristo, pelas mãos de Maria, segundo o método ensinado por São Luís Maria Grignion de Montfort em sua célebre obra Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem.

A Cerimônia foi realizada durante a Santa Missa celebrada na Sede da Comunidade dos Arautos do Evangelho – Setor masculino – em Maringá. Participaram da cerimônia os consagrandos, dezenas de parentes, amigos e familiares, além, naturalmente, das dezenas de pessoas que normalmente frequentam essa celebração dominical. Pairava no ar um ambiente de muita graça e alegria, já tão frequente nestas Cerimônias de Consagração, tão gratas à Virgem Maria.

Read More

By

2016: Um ano abençoado pela presença de Maria

“Deus quer, portanto, revelar e manifestar Maria, a obra-prima de suas mãos”.

(São Luís Maria Grignion de Montfort – Tratado da Verdadeira Devoção – n. 50)[1]

O desejo ardente do grande missionário francês, São Luís Maria Grignion de Montfort, ao escrever a sua obra luminosa – O Tratado de Verdadeira Devoção – é de que mais e mais pessoas aderissem à Devoção preconizada por ele, ou seja, uma total entrega a Jesus Cristo, pelas mãos de Maria. Afinal, como menciona o Santo já no início de sua Obra: Foi pela Santíssima Virgem Maria que Jesus Cristo veio ao mundo, e é também por Ela que deve reinar no mundo”.[2] Com muita alegria e agradecimento a Deus, vemos que mais e mais pessoas têm procurado atender a esse santo desejo (pois é um desejo de um Santo!), ou seja, uma aproximação maior com a Devoção a Nossa Senhora.

_MG_1649

Read More

%d blogueiros gostam disto: