By

Em um grande silêncio, no Sábado Santo, um Coração palpita de amor

Sagrado Coração de Jesus

No Sábado Santo, um grande silêncio – na expressão de uma antiga Homilia – reina sobre a terra. Um grande silêncio e uma grande solidão. Um grande silêncio, porque o Rei está dormindo. ¹ Mas, Quem é este Rei que adormeceu? Ou por outra, Quem é este cujo Coração fisicamente deixou de pulsar? Fisicamente sim, seu Coração deixou de pulsar, porém, na realidade, para além de nossa compreensão e conforme a fé nos ensina, nunca deixou de palpitar de amor. É Aquele Sagrado Coração que tanto amou os homens e que, no entanto, por eles não foi amado.

Porém este Sagrado Coração de Deus, feito Homem, também palpitou de amor por meio de outro Coração. Enquanto Ele estava no sepulcro, o Coração Imaculado de Maria, imerso na dor, palpitava de adoração ao Seu divino Filho, de fé na sua Ressurreição e de amor misericordioso para cada um de nós, a fim de nos salvar.

Com efeito, conforme diz Mons. João Clá Dias, a grandeza do Imaculado Coração de Maria, e de sua bondade, é um mistério que nossa inteligência não alcança: “Sem dúvida, Ela rezou no Calvário por todos. E hoje, Ela acompanha do Céu as dificuldade e alegrias de cada um dos seus filhos, disposta a nos atender com indizível afeto, ternura e carinho”. ²

Imaculado Coração de Maria

De onde vem tanto amor e tanta bondade deste Imaculado Coração? Justamente de Sacratíssimo Coração de Jesus. No dizer de São João Eudes, o Imaculado Coração de Maria “é tão unido ao do seu divino Filho a ponto de ambos formarem um só: o Sagrado Coração de Jesus e Maria”.³

É por isto que o referido Presbítero francês, grande orador e missionário, num arroubo de amor, assim se exprimiu:

“Não sabeis que Maria nada é, nada tem e nada pode sem Jesus, por Jesus e em Jesus, e que Jesus é tudo, pode tudo e faz tudo n’Ela? Não sabeis que é Jesus que fez o Coração de Maria tal qual ele é, e quis fazê-lo uma fonte de luz, de consolação e de toda sorte de graças para aqueles que recorrem a Ela em suas necessidades? Não sabeis que Jesus não apenas reside e assiste continuamente no Coração de Maria, mas é Ele mesmo o Coração de Maria, o Coração de seu Coração e alma de sua alma, e que, portanto, vir ao Coração de Maria é vir a Jesus, honrar o Coração de Maria e honrar Jesus, invocar o Coração de Maria é invocar Jesus”.4

Que Neste Sábado Santo, o Sagrado Coração de Jesus e Maria nos conceda a graça de sermos inteiramente agradecidos, retribuindo amor com amor, nesta terra e por toda a eternidade. Assim seja!

_________________________

¹ De uma antiga Homilia no grande Sábado Santo. Sábado Santo. In Liturgia das Horas. 2000: Editora Vozes, Paulinas, Paulus, Editora Ave Maria, v. II, p. 439.

² Mons. João Clá Dias. O Coração que nos amou até o fim. In Revista dos Arautos do Evangelho, junho/2012, n. 126, p. 17.

³ Idem, p. 17.

4 Padre Jean-Michel Amouriaux, Pe. Paul Milcent. Saint Jean Eudes para ses écrits, Médiaspaul, Paris, 2001, p. 140.

Faça um Comentário!

%d blogueiros gostam disto: