By

Fatinho da Semana: “É inaudito, inaudito, inaudito!”

Numa cidade populosa, São Bernardo estava no púlpito, perante a multidão e chorava. Íntima excitação apoderou-se da massa do povo. Todos os olhares indagavam:

– Bernardo, por que choras?

– Choro, porque não sei se me salvarei. – E continuou a verter lágrimas. – Choro, porque não sei se vós todos vos salvareis.

O povo chorou juntamente com ele. De repente um raio de alegria iluminou o semblante do santo. Num transporte de jubilo, exclamou:

– É inaudito, inaudito, inaudito!

– O que, Bernardo, o que é inaudito?

– É inaudito, que um pecador recorreu a Maria e tenha sido por Ela abandonado, que tenha-se perdido. Isto é inaudito, deveras, sim, inaudito!!!

(P. PASCOAL LACROIX: A Virgem Maria: seguro refugio dos pecadores)

Faça um Comentário!