By

Consagrados à Incomparável Boa Samaritana

No último dia 14 de Julho, 15º. Domingo do Tempo Comum, aproximadamente 400 pessoas reuniram-se no Mosteiro dos Arautos do Evangelho em Maringá para participar da celebração da Santa Missa – também motivados por uma ocasião muito especial. Com efeito, nessa data, 45 pessoas realizaram a sua Consagração a Jesus Cristo, a Sabedoria Encarnada, pelas mãos de Maria, de acordo com o método ensinado pelo grande santo mariano, São Luís Maria Grignion de Montfort em seu luminar Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem. Depois de 8 semanas de estudos preparatórios, chegou o grande dia, que marcou a vida dos consagrados, abrindo uma nova fase em suas vidas espirituais: O dia de entregarem-se completamente nas mãos de Maria Santíssima como escravos de amor! Além dos consagrados, outras 15 pessoas aproveitaram a cerimônia para renovar a sua Consagração.

Read More

By

Este é o dia que o Senhor fez para nós: alegremo-nos e nele exultemos! Consagração a Nossa senhora na Missa da Páscoa (Sl 117)

A Solene Celebração Eucarística deste Domingo de Páscoa, realizada no Mosteiro dos Arautos do Evangelho de Maringá, além da belíssima decoração alusiva à Ressurreição do Senhor, que deixou encantados todos os presentes, teve também o brilho de uma graça inédita, uma providencial coincidência: 70 pessoas, após dois meses de intensa preparação, realizaram a sua Consagração a Jesus Cristo, pelas mãos de Maria, segundo o método do grande santo mariano, São Luís Maria Grignion de Montfort, que, entre outras obras, escreveu o magistral Tratado da Verdadeira Devoção. Nesta ocasião – solenemente revestida de esplendor pelas alegrias da Páscoa -, jovens e adultos, de ambos os sexos, viram realizado o seu desejo de entregar-se como escravos de amor nas mãos de Seu Redentor Divino, pela intercessão de Sua Mãe Santíssima. Read More

By

Convite: nova turma do Curso de Consagração

Inscrições aqui.

By

Convite: nova turma do Curso de Consagração

By

Um Domingo de dupla alegria: na Liturgia e na vida dos novos consagrados!

No III Domingo do Advento, chamado Domingo Gaudete, “a Liturgia Católica oferece ao fiel uma pausa jubilosa em meio à penitência de Advento”[1]. “Gaudete, primeira palavra da antífona de entrada da Missa do dia, significa ‘alegrai-vos’, é extraída da epístola de São Paulo aos filipenses: ‘Alegrai-vos sempre no Senhor; eu repito: alegrai-vos’. Com efeito, a esperança no nascimento de Jesus deve ser acompanhada de sinceros desejos de mudança de vida. Estas moções interiores precisam, no entanto, de um estímulo”.[2]Esse estímulo aos fieis se manifesta de maneira viva pela alegria da Liturgia desse Domingo. Read More

%d blogueiros gostam disto: