By

Horários para as Missas do Santo Natal e Ano Novo

A Santa Missa no grandioso nascimento do Senhor

É para a glória de Deus que a criação foi feita. Sobretudo, os anjos e homens, os seres mais perfeitos da criação, são chamados a dar esta glória ao Criador. Mas, em que ocasião se deu esta maior glória de Deus?

Conforme nos ensina Mons. João Clá Dias, EP, “a maior glória que a humanidade e os próprios Céus poderiam dar a Deus realizou-se no grandio

Mons. João Clá celebrando a Santa Missa

Mons. João Clá celebrando a Santa Missa

so nascimento do Senhor. Toda a criação – nela incluída a Santíssima Virgem – reunida num só coro, jamais prestaria a Deus o louvor que se elevou do Menino Jesus em seu nascimento”. ¹

E continua o Fundador dos Arautos: “Antes de este ter-se dado, os cânticos de todos os seres eram débeis e sem eco. Com a vinda de Cristo, causa meritória e eficiente de nossa divinização, toda a obra da criação atingiu um patamar inimaginável. E tornando-Se Jesus centro e modelo, não apenas o cântico passou a ser outro, como Ele também começou a cooperar na infinita glorificação que o Pai deseja Lhe seja tributada”. ²

Ora, somos assim chamados, junto com o Menino Deus, a tomarmos parte ativa desta glorificação de Deus Pai. E a melhor forma é participarmos da Santa Missa – o culto por excelência – no dia em que celebramos o Santo Natal.

Santa Missa e Santo Natal! Que a Virgem Mãe e São José nos obtenham do Menino Deus as melhores e mais abundantes graças, na celebração da Eucaristia, de maneira a glorificarmos a Deus sempre mais, nesta vida e por toda a eternidade.

Horários das Missas de Natal e Ano Novo

24/12 – Missa da noite de Natal: 18:00

25/12 – Missa do dia de Natal: 18:00

31/12 – Missa às 18:00

1/1 – Solenidade de Santa Maria Mãe de Deus – Missa às 18:00

Atendimento de Confissões

24/12 e 31/12 – Uma hora antes da Missa

25/12 e 1/1 – Uma hora antes da Missa

_________________________

¹ Mons. João S. Clá Dias, EP. Glória a Deus nas alturas. In: _____. O inédito sobre os Evangelhos. v. V, Coedição internacional de Città del Vaticano: Libreria Editrice Vaticana, São Paulo: Instituto Lumen Sapientiae, 2012, p.97.

² Idem, p. 97-98.

Faça um Comentário!