By

Um festival de fraternal convivência

O Fundador dos Arautos do Evangelho, Monsenhor João Clá Dias, com o discernimento que lhe é próprio, ensina que “a maior felicidade nesta terra encontra-se no convívio, quando este é respeitoso, nobre e elevado”.[i] De fato, uma das maiores dificuldades que as pessoas enfrentam nos dias atuais é encontrarem boas oportunidades para um bom convívio entre amigos, fora da agitação, da insegurança e do paganismo generalizado.

No último sábado, dia 17 de Março, dezenas de amigos dos Arautos do Evangelho tiveram a graça única de experimentar as amabilidades de um convívio fraternal, participando do evento denominado Festival das Massas, que consistiu em um jantar beneficente em prol da construção, em Maringá, da Capela Nossa Senhora do Bom Sucesso, que será erigida no terreno onde está, em fase adiantada – a construção do mosteiro, e que será em breve ocupado pelos dos Arautos do Evangelho de Maringá.

Read More

By

Missa e Concerto Natalino

Encerramento do Ano Letivo 2017 do Colégio Arautos

A Santa Missa é a renovação do Santo Sacrifício de Nosso Jesus Cristo no Calvário. Uma só Missa vale mais do que Universo inteiro, pois tem valor infinito. Por isso, não existe melhor forma de comemorar alguma festa ou evento do que estarmos junto ao Altar com Jesus Eucarístico na Santa Missa.

Mais um ano letivo se passou. Já prestes a terminar, o ano 2017 rende ainda seus últimos brilhantes momentos. Ano do centenário de Fátima. Ano dos 300 anos de Nossa Senhora Aparecida. Ano de Promessas e de Vitórias. De fato, não podiamos deixar de encerrar este ano letivo sem uma Solene Celebração Eucarística.

Read More

By

Exultai de alegria! Pertenceis inteiramente a Jesus Cristo!

Cerimônia de Consagração nos Arautos do Evangelho de Maringá

“A Igreja, sendo uma instituição divina fundada por Nosso Senhor Jesus Cristo, que é a Cabeça deste Corpo Místico, possui a própria sabedoria d’Ele e tudo faz com conta, peso e medida. Assim, ela dispõe dois domingos do ano que, em meio à penitência, trazem a alegria: o 3º. Domingo do Advento, chamado Domingo Gaudete, e o 4º. Domingo do Quaresma, denominado Domingo Laetare. O primeiro recebe este nome da palavra inicial da Antífona da entrada, extraída da Epístola de São Paulo, Apóstolo, aos Filipenses: “Gaudete in Domino semper: iterum dico, gaudete. Dominus enim prope est Alegrai-vos sempre no Senhor. De novo eu vos digo: alegrai-vos! O Senhor está perto” (4, 4-5)”1

Alegrar-se porque o Senhor está perto. Alegrar-se por pertencer inteiramente ao Senhor. De fato, estiveram imersos nestes pensamentos todos os 80 novos Consagrados – além de inúmeros amigos e familiares – que se reuniram no último Domingo, na Sede dos Arautos do Evangelho – Setor Masculino – em Maringá. A ocasião não poderia ser mais propícia: O Domingo da Alegria trouxe o ambiente adequado para que essas pessoas realizassem a sua Consagração a Jesus Cristo, pelas mãos de Maria, segundo o método proposto pelo grande santo mariano, São Luís Maria Grignion de Montfort. Depois de 8 semanas de preparação intensa e de terem realizado os exercícios espirituais preparatórios, além de uma boa confissão, chegou o dia tão esperado por todos!

Read More

By

Muitos são chamados, poucos são escolhidos. Alguns são escolhidos para servir a Mãe de Deus, como escravos de Amor.

“Então os empregados saíram pelos caminhos e reuniram todos os que encontraram, maus e bons. E a sala da festa ficou cheia de convidados (…) Porque muitos são chamados, e poucos são escolhidos”.  (Mt 22,10;14)).

Os versículos acima estão inseridos no trecho do Evangelho de São Mateus, proposto pela Igreja para a meditação dos fieis na Liturgia do 28º Domingo do Tempo Comum. O Rei representa o Deus, bom e generoso, que convida a todos os batizados para a Festa de Seu Divino Filho. Porém, os convidados primeiros e principais não aceitam o honroso convite; e os lugares são preenchidos por outros convidados – de última hora. O Evangelho ainda dá destaque, nos versículos 11 e 12, a um suposto convidado que não estava “usando o traje de festa”. Essa omissão, ou mesmo, a falta de considerar com seriedade e humildade o convite recebido, trouxe para esse convidado consequências desastrosas e eternas… Ao final, conclui o Divino Mestre: “Porque muitos são chamados, e poucos são escolhidos”.

Read More

By

A alegria de desagravar a Mãe de Deus

Na sua terceira aparição em Fátima, em Julho de 1917, Nossa Senhora anunciou aos pequenos pastores Lúcia, Francisco e Jacinta, que mais tarde viria pedir a comunhão reparadora dos primeiros sábados. De fato, em 1925, sendo Lúcia noviça no convento das Doroteias, em Pontevedra, na Espanha, “Nossa Senhora apareceu-lhe de novo. A Seu lado via-se o Menino Jesus, em cima de uma nuvem luminosa:

“Olha, minha filha – disse-lhe a Virgem Maria – o meu Coração cercado de espinhos que os homens ingratos a todos os momentos Me cravam com blasfêmias e ingratidões. Tu, ao menos, vê de Me consolar, e dize que todos aqueles que durante cinco meses, no primeiro sábado:

Read More

%d blogueiros gostam disto: