By

Frase da semana: Muito me alegro com os vossos mandamentos

Muito me alegro com os vossos mandamentos,
que eu amo, amo tanto, mais que tudo!

Salmo 118 (119)

Esta Frase da Semana nos traz o Cântico de louvor do Salmista em que manifesta jubiloso, o quanto ama os Mandamentos do Senhor.

A quem se deve tal amor?

Este amor aos Mandamentos não é outro senão o amor a Nosso Senhor Jesus Cristo. “Se vocês me amam, obedecerão aos meus mandamentos” (Jo 14, 15), disse o Salvador aos Apóstolos.

Bom Deus de Amiens. Catedral de Amiens, França

Bom Deus de Amiens. Catedral de Amiens, França

E qual o fruto deste amor a Jesus Cristo e seus Mandamentos?

Read More

By

Consagração a Nossa Senhora em Cascavel

Entre as numerosas notícias sobre o apostolado dos “Arautos no mundo” merece destaque a publicada na Revista Arautos do Evangelho deste mês de Janeiro de 2016.

IMG_6887_

Trata-se do Curso dedicado ao estudo do Tratado da Verdadeira Devoção a Santíssima Virgem Maria, realizado em Cascavel – principal cidade na região Oeste do Paraná, a 260 Km de Maringá – que culminou, no dia 30/10, com a cerimônia na qual 70 pessoas realizaram a sua Consagração Solene a Jesus Cristo, pelas mãos de Maria.

Read More

By

A gratidão traz benefícios para a saúde

A gratidão é a mais frágil das virtudes. Entretanto, ela traz suas compensações. Em artigo no jornal francês Le Figaro do dia 14 de maio, o médico e jornalista Damien Mascret explica que um estudo feito com pessoas que sofrem insuficiência cardíaca demonstra que a gratidão faz bem para o coração.

O artigo descreve como o professor Paul Mills e outros especialistas da Universidade da Califórnia, em San Diego, examinaram 186 doentes de insuficiência cardíaca em estágio primário, com 66,5 anos de idade em média, estudando a relação do sono, cansaço, indicativos biológicos, bem-estar espiritual, etc., com a gratidão. Além do acompanhamento através de exames médicos, os pacientes respondiam questionários com perguntas como “sou grato a muitas pessoas”, ou, “tenho muitas razões para ser grato na vida”.

O estudo mostra que nos mais gratos eram mais eficientes os tratamentos médicos. Rébecca Shankland, mestra de conferências da Universidade de Grenoble-Chambéry e autora do livro A psicologia positiva explicou: “A gratidão reduz a tendência ao materialismo e à comparação social e aumenta a empatia, o que gera relações de melhor qualidade”. Conclusão semelhante obteve outro estudo ao analisar o comportamento psicológico de policiais depois do furacão Katrina, em 2005, na Louisiana. A gratidão foi um dos parâmetros que atenuaram os sintomas de stress pós-traumático neles.

(Extraído da Revista Arautos do Evangelho, n. 163, Julho/2015)

By

A maior das maravilhas

Na criação vemos uma variedade incontável de criaturas refletindo a beleza do Criador. Assim, bastará prestar atenção na ordem da criação visível, quer nos minerais, vegetais, animais ou no homem, que ficaremos encantados com tantas maravilhas. No entanto, posto que o homem é a obra prima da criação, caberia perguntar: no gênero humano,  qual a mais elevada beleza que podemos contemplar?

Esta interessante questão veremos respondida de forma sucinta, didática e elucidativa, no atraente artigo “Esplendores da criação”, do Prof. Paulo Martos, Arauto e colaborador da Revista Arautos do Evangelho, cujos excertos registramos abaixo. Se o leitor quer conhecer a resposta, ao ler tais palavras, terá a experiência de uma agradável meditação.

*          *           *

“Contemplando o céu numa noite estrelada, ficamos maravilhados. E as miríades de corpos celestes que vemos – mais numerosos que todos os grãos de areia existentes nas praias dos mares – são minerais, os quais pertencem à categoria mais baixa entre todos os seres criados por Deus. Pois em graus superiores estão os vegetais, os animais e os homens. Todos esses são seres visíveis; acima deles o Altíssimo criou seres invisíveis: os anjos.

“O universo foi criado por Deus a partir do nada; essa é uma verdade de Fé fundamentada na primeira frase da Sagrada Escritura: ‘No princípio, Deus criou o céu e a terra’ (Gn 1, 1). Criar significa ‘dar existência a um ser do qual todos os elementos constitutivos não existiam anteriormente. Um pintor não cria, pois não dá existência à tela, nem à tinta, nem aos outros elementos constitutivos de seu quadro. Sua ação se limita a confeccionar com meios preexistentes um ser novo, que é o quadro`.

“Deus fez o mundo para refletir suas perfeições, que são infinitas. Ele não poderia criar apenas um ser, por mais perfeito que fosse, pois toda criatura é limitada. Por isso, criou múltiplos seres. Não só múltiplos, mas também diferentes; porque se iguais somente poderiam representar uma qualidade de Deus. É o que ensina o São Tomás de Aquino.¹

E no gênero humano, qual é a beleza que mais reflete a grandeza do Criador?

“O santo possui beleza de alma”
Santa Teresinha do Menino Jesus

“No gênero humano, a pulcritude [beleza] mais importante é a da alma. O santo possui beleza de alma; em todos seus pensamentos, desejos e atos ele tem somente em vista a glória de Deus.

“Disse Nosso Senhor: “Sede perfeitos, assim como vosso Pai celeste é perfeito” (Mt 5, 48). Trata-se de um preceito e não apenas de um conselho. Assim, todos devemos visar a suma beleza de nossas almas, ou seja, a santidade, e dessa forma glorificarmos a Deus. Isso somente o conseguiremos pela graça divina, que nos é concedida pelo Criador através da Virgem Maria”² [grifos nossos]

Caro leitor, esta consideração, tão clara e objetiva, a respeito da santidade que é a suma beleza da alma, é o convite, ou melhor, o dever para o qual nos chama o Redentor, o Mestre de toda a beleza, o Conselheiro, o Maravilhoso, o Príncipe da Paz (cf. Is 9,6). Isso nos enche de alegria e nos move agradecidos a conclamar, por meio da Rainha de todos os Santos: “Louvem ao Senhor pela sua bondade, e pelas suas maravilhas para com os filhos dos homens” (Salmos 107,8).

_____________________________

¹ Paulo Francisco Martos. Esplendores da Criação.

http://www.arautos.org/artigo/60384/Esplendores-da-criacao.html

Acesso em 14 mar. 15

² Idem

By

De qual remédio precisamos?

Muitos são os remédios que precisamos. Remédios que curam nossas necessidades, desde as mais altas, como as espirituais, e também aquelas que por vezes nos angustiam: as materiais. Sejam quais forem, há para estas o auxílio daquela que é Mãe de Deus e Mãe nossa. Daí lhe vem, entre os maravilhosos e numerosos títulos, o de Nossa Senhora do Bom Remédio.

De onde vem tal invocação, em função da qual podemos confiantemente nos acercar desta Mãe incomparável?

Corria o ano de 1198, quando São João da Mata e São Felix de Valois fundaram a Ordem Hospitalar da Santíssima Trindade. Sua missão era libertar os cristãos que na África e no Oriente Médio eram escravizados, inclusive obtendo esmolas para o pagamento de resgate. Como não poderia deixar de ser, para esta missão tão importante, movida pela compaixão de nossos irmãos sofredores de tantos e cruéis tormentos, recorreram à Mãe de Misericórdia, de maneira a obter os recursos necessários. E foram sobremaneira atendidos. Milhares de irmãos na Fé foram libertados. ¹

Nossa Senhora do Bom Remédio – Basílica Nossa Senhora do Rosário, localizada no Seminário dos Arautos do Evangelho

Eis que a intercessão desta bondosa e protetora Mãe levou-os a chamá-la de Nossa Senhora do Bom Remédio. Sua festa celebra-se neste mês de outubro (Dia 8).

Aqui está caro leitor, uma invocação atualíssima para todos aqueles que passam por necessidades financeiras, cujo número cresce a cada dia. Estas necessidades têm sua origem em fatores diversos, entre os quais, a crise econômica mundial, que em larga medida deriva da crise moral que assola nossos dias. Sim, crise moral, onde a desonestidade e deslealdade campeiam desavergonhadamente nas diferentes classes sociais, das mais humildes até as mais altas.

Disse Nosso Senhor: “Buscai em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça e todas estas coisas vos serão dadas em acréscimo” (Mt 6, 33). Como pretender que uma civilização alcance o desenvolvimento pleno de seus potenciais intelectual, econômico e cultural, apenas através das leis e do governo dos homens, quando estes se afastam da base de toda a ordem e de todo o direito que são os Mandamentos da Lei de Deus? E desgovernam-se por caminhos os quais o Supremo Governante não aconselha nem ordena?

 Que Nossa Senhora do Bom Remédio socorra com o bom remédio, todas as nossas necessidades, não somente as particulares e financeiras, como também, venha em socorro da agonizante sociedade hodierna, para curá-la da grande chaga moral, fruto do ateísmo professo ou prático, que conduz ao abandono da verdadeira Religião de Nosso Senhor Jesus Cristo.

Nossa Senhora do Bom Remédio, rogai por nós!

__________________________

¹ O Tesouro da Oração: Novena a Nossa Senhora do Bom Remédio. Revista Arautos do Evangelho. n. 34, p. 2, out./2014. Disponível em: http://www.revistacatolica.com.br/revista-do-mes/.